segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Padilha, Haddad e Adriano Diogo em visita, falam dos problemas em Cidade Tiradentes.

Padilha, Haddad, Adriano Diogo, Barba e diversas lideranças do PT estiveram em Cidade Tiradentes neste domingo, dia 24 de Agosto. Conhecida por sempre votar de forma inteligente e mais a esquerda, a Cidade Tiradentes, um bairro dormitório composto por mais de 300 mil pessoas confere ao PT mais de 80% dos votos válidos. ¨Por isso me sinto em casa, toda vez que visito o bairro¨, disse Fernando Haddad Prefeito. Que falou também sobre a Casa de Cultura, a Universidade Pública e gratuita no CEU Água Azul, e sobre a vontade de retomar com o projeto Zeladoria de Praças, afirmando que é necessária uma campanha para educar as pessoas a não jogarem lixo pelas vias públicas. Haddad ainda frisou que a região irá observar um progresso efetivo em várias áreas nos próximos anos, destacando a importância da atuação da militância e das organizações sociais locais neste desenvolvimento. Alexandre Padilha é outro que se sente em casa por aqui. Ressaltou em entrevista a importância em melhorar a educação em tempo integral, a melhoria na Saúde nos hospitais do ESTADO, pois usuários do entorno em Cidade Tiradentes migram para cá, pois o atendimento da rede Estadual de Saúde está precário em hospitais como: Ferraz, Guaianases e São Matheus, o que sobrecarrega o atendimento por aqui, tornando-o demorado.¨Já temos 15 médicos Cubanos atendendo a região, e equipe do Brasil Sorridente, Upas a caminho, mas precisamos muito mais e, com uma gestão Popular, O Estado vai possibilitar parcerias entre Governo federal, Estadual e Municipal, otimizando tanto atendimento quanto a qualidade do mesmo.

O amigo Adriano Diogo sempre presente em Cidade Tiradentes, destacou que a região é carente em lazer, recreação, emprego, fora uma série de equipamentos públicos e privados garantidores de cidadania. Destacou a importância das lutas contra o racismo, a tortura, e a discriminação vivida pelos jovens e trabalhadores nas periferias de São Paulo, lembrando a necessidade da geração de mais empregos por aqui, sendo este, um dos maiores desafios ao efetivo progresso de Cidade Tiradentes. O companheiro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Teófilo BARBA, fez questão de lembrar a população que o maior problema com relação a àgua e o abastecimento é gerado pela SABESP, que coleta nosso esgoto nas residências, jogam este esgoto em nossos rios, tornando-o poluído, e ainda cobra nós clientes por este desserviço. ¨Rios como o Aricanduva, o Guaió, o guaratiba e Itaquera Mirim, nascidos nas matas da região, poderiam suprir nossas necessidades, não tivessem se tornado esgoto a céu aberto¨, concluiu.
Várias lideranças locais e candidatos do PT e coligação também apareceram no encontro, destacamos a presença do ex jogador Marcelinho Carioca, Paulo Fiorilo, Alessandro Guedes, Senival Moura, Dr Jorge, Zaratini, Paulo Eugênio, João Galvino, Zézinho PT, Wenceslau Gamen ( Presidente do DZCT ), Eugênio Miranda, Zé de Mattos, Carlos Vieira, Francisco Alvez, Casão Cabeleireiros, Silvio Ferreira, Geralda Marfisa, Pedro Monteiro, Humberto, Tamy, Nilton, Abílio, Joaçy, Daniel Navas, Luiz Henrique, Ivolino, Nelsom, Paulo Santos, Dimas, Robertinha, Rita de Cássia, Vanderley, Cleonice , dentre muitos outros 
companheiros.

#Dilma13deNovo #MaisMudançaMaisFuturo #PT #Padilha13 #AmigosdoAdrianoDiogo #Barba13110 #CidadeTiradentes #Eleições2014 #Dilma13Neles

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Cidade de Claudio - Minas Gerais, Cocaína, Apreensões de drogas e construção fraudulenta de aeroporto clandestino. Onde vamos parar???



Cidade de Cláudio, em Minas Gerais, está mais famosas na BANDIDAGEM, que os morros do RIO. Complexo do Alemão está perdendo feio para a Ciudade, que entra definitivamente na rota do pó. Envolvimento de familiares de Aécio Neves, Helicóptero com 450 quilos de pasta base, AEROPORTO PARTICULAR....o que acontece? Quem eles pensam que estão enganando, nós trabalhadores? Aí TEM...Oras, agora TODO Santo dia tem manchete desta cidade, e tenho uma pergunta: Será que AÉCIO já devolveu as chaves do Aeroporto? Veja mais nos links relacionados: CADÊ a Polícia Federal??? Tá ficando FEIOOOO.


quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Solidariedade urgente...Essa menina pode ser salva por nés.



Minha sobrinha, Taiãny do Prado Gonçalves, moradora da cidade de Ubatuba- SP, filha de meu irmão de consideração Équer Gonçalves, precisa de uma operação de urgência. A Santa Casa da cidade, assim como a de São Paulo, sofre com a falta de recursos do governo Alckmin, e a Taiãny sofre com crises diárias...a perspectiva do SUS local, prevê que possa ser atendida apenas daqui a 8 meses. Um absurdo, pois até lá ela já terá falecido. Peço a ajuda solidária de todos os compas. O telefone para contato é: 12 - 3832 7652 (coml) / 12 - 3842 2411 ( resid) e celular - 12 - 9 9701 0805 ( com Équer Gonçalves. A conta para depósito de auxílio solidário é: Caixa Econômica Federal, agência 0798 - operação 013 - Conta nº 2663 - digito - 0 . Por favor, depositem qualquer valor. Nossa solidariedade vai salvar esta menina. Vamos mais uma vez demonstrar nossa fé, amor e união.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

SORRISOS PRIORIZADOS


O governo federal vai ampliar o atendimento odontológico no SUS.

Com o GraduaCEO, serão 40,5 mil procedimentos odontológicos a mais, por mês, na rede pública de saúde, até o final do ano.

No começo do curso os alunos de odontologia de instituições de ensino superior, públicas e privadas, poderão acompanhar o trabalho das Equipes de Saúde Bucal.

Já nas etapas finais do curso, os alunos poderão realizar os procedimentos odontológicos, sempre com a orientação dos professores.

O objetivo é ampliar o acesso da população aos serviços de saúde bucal e aproximar os profissionais com os pacientes desde o início da faculdade.

O investimento total do Ministério da Saúde para a iniciativa é de 29,4 milhões de reais até o final de 2015.

Do valor, 2,4 milhões de reais serão para a implantação de 30 clínicas odontológicas nas universidades e, 27 milhões de reais, para o custeio das clínicas.

O programa é uma parceria dos Ministérios da Saúde e Educação com as universidades do Brasil.

Leia mais em http://bit.ly/1kM2BLG

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

O encontro de 2 escândalos

POR LEONARDO DUPIN*

Uma distância de apenas 14 quilômetros separa os dois escândalos recentes da política nacional que envolvem dois senadores por Minas Gerais, o ex-presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela (PDT) e o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB).

A pista de pouso e decolagem construída durante o governo de Aécio Neves em Cláudio, no Centro-Oeste mineiro, em um terreno que pertenceu a fazenda do tio avô do candidato tucano fica distante 14 quilômetros de Sabarazinho, um povoado de Itapecerica, também no Centro-Oeste Mineiro, onde o helicóptero da empresa Limeira Agropecuária, da família do senador Zezé Perrela, fez uma parada para reabastecimento carregado com 445kg de pasta base de cocaína, em novembro do ano passado.


A parada em um ponto de Sabarazinho aconteceu três horas e meia antes da apreensão da aeronave por policiais militares e federais em um sítio em Afonso Cláudio, no Espírito Santo. O valor da carga é estimada em R$ 10 milhões, podendo multiplicar por dez com o refino. Segundo o inquérito da PF, o carregamento foi feito em Pedro Juan Cabalero, no Paraguai, e tinha como possível destino Amsterdam, na Holanda, o que configura tráfico internacional.

No dia 20 do mês passado, reportagem do jornalista Lucas Ferraz, da “Folha de S.Paulo”, revelou que Aécio Neves construiu a pista na fazenda que pertenceu a seu tio-avô, além de ficar próxima a uma propriedade da família do candidato.


Na última semana, Aécio Neves admitiu que já usou a pista, mesmo o espaço ainda não tendo sido homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil.

O investimento do governo mineiro para a construção da pista foi de R$ 14 milhões. Cláudio tem 25 mil habitantes e está distante 50 quilômetros de Divinópolis, onde já existia uma pista de pouso e decolagem.

O cruzamento dos dois escândalos – do helicóptero e da pista – é comprovado pelos documentos considerados sigilosos do inquérito da Polícia Federal (PF), que este repórter teve acesso.

A PF constatou, com base no rastreamento do GPS do helicóptero e nas anotações do plano de vôo dos pilotos, ambos apreendidos e examinados pela perícia técnica, que o helicóptero carregado com quase meia tonelada de pasta base de cocaína parou em um ponto próximo ao povoado de Sabarazinho.
Segundo o inquérito da PF, no dia 24 de novembro de 2013, às 14h17, aproximadamente três horas e meia antes do helicóptero ser apreendido pela polícia no município de Afonso Cláudio, no Espírito Santo, a aeronave ficou parada por trinta minutos numa fazenda do povoado, onde duas pessoas aguardavam o pouso com galões de combustível.

A localidade fica a 14 quilômetros da pista de Cláudio e também das fazendas da família Tolentino, onde nasceu Risoleta Neves, esposa de Tancredo Neves e avó de Aécio Neves.

O município de Cláudio chega, inclusive, a ser citado no inquérito na análise das mensagens telefônicas dos pilotos, que foram captadas pelas Estações de Rádio Base (ERB), que são os equipamentos que fazem a conexão entre os telefones celulares e a companhia telefônica.

domingo, 3 de agosto de 2014

Dilma reafirma à CUT que seu compromisso é gerar emprego e aumentar os salários



A presidenta Dilma Rousseff recebeu da Central Única dos Trabalhadores (CUT) a plataforma da classe que posiciona apoio a sua reeleição. O documento entregue nesta quinta-feira (31), em Guarulhos, representa os 24 milhões de trabalhadores filiados à entidade.

Dilma reafirmou a garantia da manutenção de políticas trabalhistas como a valorização do salário mínimo, iniciada no governo Lula. Ela relembrou o seu discurso de posse, em que declarou honrar os trabalhadores e trabalhadoras. “Isso significa reduzir as desigualdades, assegurar emprego e garantir que os direitos conquistados até hoje não sejam abandonados”, disse a presidenta.

A fala é uma crítica à política de congelamento do salário mínimo adotada pelos governos tucanos. “Não fui eleita para reduzir salário nem para desempregar trabalhador. Muito menos, para colocar o nosso país de joelhos diante de quem quer que seja”, disse em referência aos tempos de governo FHC, em que o Brasil chegou a dever mais de US$ 37 bilhões para o Fundo Monetário Internacional (FMI).

No documento da CUT, a posição adotada pela presidenta no enfrentando da crise econômica global é citada como uma das justificativas ao apoio eleitoral. “Enquanto a Europa tinha arrocho salarial e alto índice de desemprego, a Dilma deu continuidade à política de valorização do salário mínimo. Ela faz parte do nosso campo político e não queremos o retorno dos neoliberais”, justificou a secretaria nacional da CUT, Rosane Silva.

Luta contra o pessimismo – Se nas eleições que precederam o primeiro mandato de Lula, o inimigo era o medo, para Dilma, agora, é o pessimismo. A presidenta citou as expectativas negativas criadas pela mídia e oposição sobre a Copa do Mundo. Ao final do mundial, pesquisa DataFolha indicou que mais de 80% da população havia aprovado a realização do evento.

“Líderes da oposição diziam que devíamos devolver a Copa para a FIFA, porque nada daria certo. Não só deu deu certo, como foi um sucesso. Agora, vamos dar uma goleada nos pessimistas, enfrentando a crise de forma a garantir que as pessoas tenham condição de se manter por meio do trabalho”, concluiu.

Em apoio à Dilma no pleito, a CUT convocou sua militância para participar das campanhas. Para o presidente nacional da entidade, Wagner Freitas, o governo atual proporcionou não só aumento salarial como a capacidade da classe de disputar com a burguesia.

“O outro candidato está dizendo que vai acabar com a política de evolução dos salários mínimos, uma conquista do governo Lula. Não podemos ter retrocesso no Brasil”, declarou o presidente.

Por Camila Denes, da Agência PT de Notícias

sábado, 2 de agosto de 2014

Em São Paulo, Dilma lidera com 30$% dos votos. Aécio aparece em segundo, com 25%

Ibope SP: Dilma tem 30% dos votos e Aécio 25%; Campos fica com 6%. O embate nestas eleições demonstra uma competição acirrada, disputada corpo a corpo, voto a voto. Com o inicio da propaganda eleitoral na televisão, e os debates que ocorrerão, os eleitores terão mais conteúdo para analisar e tomar sua decisão com consciência e acerto. A disputa para o Estado traz o ex ministro Alexandre Padilha em terceiro lugar, com 4% das intenções de votos. Isso aconteceu nas eleições passadas em São Paulo - SP, onde José Serra liderava com larga vantagem e Fernando Haddad apresentava apenas 3% das intenções. Portanto, nada está decidido e há muita lenha ainda para ser queimada até 5 de Outubro. Analise bem, e escolha com prudência, com vistas para o que é melhor para seu Estado e seu país.