segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Complexo Júlio Prestes vai requalificar região central com habitação e cultura

Projeto integra Parceria Público-Privada, em trabalho conjunto com os governos estadual e federal. Empreendimento oferecerá 1.202 apartamentos

15:10   23/01/2017 
De: Secretaria Especial de Comunicação
Um complexo com 94,6 mil metros quadrados com conjunto habitacional, praça, escola de música, creche e lojas vai requalificar o bairro da Luz, na região central. O projeto, que teve as obras iniciadas nesta segunda-feira (23), integra a Parceria Público-Privada da Habitação no Centro, realizada em conjunto com os governos estadual e federal.
                                                           
   
“É uma ação conjunta e transversal. Este projeto na Júlio Prestes tem uma grande vantagem que é o trabalho arquitetônico, que envolve lojas e empreendimentos comerciais no piso térreo, permitindo que as pessoas tenham oportunidade de trabalhar aqui, gerar renda e não terem o problema da mobilidade”, afirmou o prefeito João Doria, em solenidade de lançamento da pedra fundamental do empreendimento.

Os oito blocos do complexo serão dispostos no entorno de um boulevard, que será uma continuação da Rua Santa Ifigênia. Esse espaço terá quase 200 árvores, uma praça com 5,5 mil metros quadrados e 3,9 mil metros quadrados de áreas verdes. Integradas a este espaço, haverá 67 lojas e espaços comerciais, além de uma creche de 1,7 mil metros quadrados, que oferecerá vagas para 200 crianças.

O terreno receberá ainda a sede própria da Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim, com salas de aula e auditórios. Atualmente, a escola atende 1,3 mil estudantes em um espaço alugado.

 “Vamos aproximar o trabalho e a moradia. A Prefeitura Regional da Sé tem mais 15% dos empregos da cidade, e não tem 5% dos moradores. Aqui tem tudo: metrô, trem, hospital, escola, internet, cultura. Queremos trazer de volta as pessoas para morar aqui”, disse o governador Geraldo Alckmin.

Para Gilberto Occhi, presidente da Caixa Econômica Federal, a construção do complexo criará um exemplo de intervenção urbana de sucesso. “É uma ação de geração de desenvolvimento no Centro da cidade, novidade que outros centros de capitais poderão copiar e implantar”, avalia Occhi. O banco público financia a obra.

No setor residencial, serão oito edifícios: quatro prédios com 17 andares, um com 13 andares e três com 12 andares. O empreendimento oferecerá 1.130 unidades de habitação de interesse social, para famílias com renda mensal de até R$ 4.344. Destas unidades, 902 terão dois dormitórios, 216 serão de um dormitório e 12 contarão com três dormitórios. Outros 72 apartamentos, todos com dois dormitórios, serão destinados a habitação de mercado popular, para famílias com renda entre R$ 4.344 e R$ 8.100. Os blocos terão áreas de lazer internas e uma quadra esportiva.

As obras são realizadas pela construtora Canopus Holding S.A. A previsão é que sejam entregues em 36 meses. A construção empregará o trabalho de 600 operários.

PPP da Habitação

A Parceria Público-Privada da Habitação no Centro tem como objetivo revitalizar bairros da região central com a construção de 3.683 moradias. Os primeiros apartamentos foram entregues em dezembro de 2016, na rua São Caetano, no Bom Retiro. Há ainda obras em andamento em terreno entre a Rua Helvetia e Alameda Glete, com 91 unidades habitacionais. Haverá ainda unidades na antiga Usina de Asfalto da Barra Funda, cujo terreno será doado pela administração municipal.

O investimento total da iniciativa privada será de R$ 900 milhões. A participação do Estado será de R$ 465 milhões, divididos ao longo de 20 anos, com contrapartida máxima anual de R$ 82 milhões. A participação da Prefeitura de São Paulo é no fornecimento de parte dos terrenos.

Inscrições
Os interessados em uma das moradias da PPP terão até 24 de julho de 2017 para inscrever-se pelo site da Secretaria Estadual de Habitação, no botão "Inscrições Abertas - Faça seu Cadastro PPP".

Para participar, é necessário ter ao menos um dos membros da família trabalhando na região central da cidade de São Paulo; estar dentro das faixas de renda familiar mensal bruta de 1 a 6 salários mínimos, ou seja, de R$ 810 a R$ 4.344; e não ter imóvel próprio ou financiado em qualquer parte do País nem ter sido atendido por programa habitacional público.

A classificação dos cadastrados será realizada por meio de sorteio, levando em consideração as cotas legais e as faixas de renda. O sorteio será ocorrerá em até 90 dias depois do final das inscrições. Atualmente há cerca de 150 mil pessoas inscritas. Todas as regras estão disponíveis na página da Secretaria Estadual..

Mercados e sacolões municipais em horários diferenciados no próximo dia 25

Durante o feriado as unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) estarão fechadas
                                                                               

Na próxima quarta-feira, 25, dia em que a cidade de São Paulo comemora 463 anos de história, os equipamentos públicos da Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE) terão horários de funcionamento alterados.
Os Mercados Municipais de Guaianases, Ipiranga, Penha e Tucuruvi funcionarão apenas das 8h às 13h. Já os equipamentos da Lapa, de Santo Amaro e São Miguel estarão fechados, assim como as unidades do CATe, que retornam ao atendimento normal na quinta-feira, 26, das 8h às 17h.
Confira a programação completa dos mercados e sacolões municipais para o feriado de 25 de janeiro:

Mercados Municipais

Central Leste: das 7h às 13h
Guaianases: das 8h às 13h
Ipiranga: das 8h às 13h
Kinjo Yamato: das 3h às 15h
Lapa: Fechado
Paulistano (Mercadão): das 6h às 16h
Penha: das 8h às 13h
Pinheiros: das 8h às 15h
Pirituba: das 7h às 14h
Santo Amaro: Fechado
São Miguel: Fechado
Sapopemba: das 8h às 13h
Tucuruvi: das 8h às 13h
Vila Formosa: das 8h às 13h
Teotônio Vilela: das 7h às 13h
Pátio Pari: das 4h às 17h

Sacolões Municipais:

Avanhandava: das 7h às 17h
Bela Vista: das 8h às 14h
Brigadeiro: das 7h às 13h
Butantã: das 7h às 13h
Cohab Adventista: das 8h às 14h
Cidade Tiradentes: das 8h às 15h
Estrada do Sabão: das 7h às 15h
City Jaraguá: das 7h às 14h
Jaguaré: das 6h30 às 13h
Jaraguá: das 7h às 14h
João Moura: das 7h às 13h
Lapa: das 8h às 14h
Piraporinha: das 7h às 14h
Rio Pequeno: das 7h às 14h
Santo Amaro: das 7h às 17h
São Miguel: Fechado
Freguesia do Ó: das 7h às 15h

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Secretaria da Cultura inicia visitas do "Gabinete nos Bairros"


Zona norte recebeu os primeiros encontros da ação. Diálogo com público, artistas e entidades irá aprimorar políticas culturais

                                                                               

A Secretaria Municipal da Cultura iniciou nesta quinta-feira (19) as visitas do Gabinete nos Bairros, que irá promover encontros em equipamentos culturais dos bairros com o objetivo avaliar e aprimorar políticas públicas em todas as regiões da cidade. A primeira ação foi realizada na Zona Norte, com reuniões com público, artistas e entidades na Biblioteca Afonso Schmidt, na Casa de Cultura da Brasilândia e no Centro Cultural da Juventude.

O programa prevê que todas as semanas ao menos um espaço municipal de cultura seja visitado pelo secretário André Sturm (Cultura).  Nesta quinta-feira, a primeira parada foi a Biblioteca Afonso Schmidt, onde o secretário e sua equipe visitaram as instalações e conversaram com frequentadores e funcionários. Uma das principais demandas apontadas neste encontro foi por cursos de formação em diversas áreas. Também foi discutida a política de aquisição de novos livros, a exposição e a dinamização do acervo.

Em seguida, a visita chegou à Casa de Cultura da Brasilândia. Na área externa, foi identificado que as obras de grafite que decoram a praça estão desgastadas. O secretário apontou a possibilidade de renovar essas intervenções e de criar um festival de artesanato no local.

A programação do Gabinete no Bairro foi encerrada no Centro Cultural da Juventude (CCJ). Após reunião com os funcionários, o grupo visitou o estúdio de gravação e as salas para oficinas.  No início da tarde, o secretário Sturm participou de um bate-papo no espaço arena com mais de 80 pessoas, entre artistas, moradores da região e representantes de entidades culturais.

Sturm respondeu perguntas do público e explicou que estão em estudo possíveis parcerias com Organizações Sociais (OS) para a gestão das bibliotecas públicas e de alguns equipamentos, como o Centro Cultural São Paulo. “Qualquer mudança neste sentido será feita depois de muita discussão e esclarecimentos sobre como funciona este modelo e os benefícios que podem ser oferecidos a partir da adoção dele”, enfatizou.

O secretário também destacou que a principal marca de sua gestão será aprimorar e fortalecer o funcionamento de todos os equipamentos, em vez de construir novos espaços.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

25º Aniversário do Jornal Folha Popular.

                                Tanto tempo assim, pois sempre contou com excelente parceria com o comércio local. No banner, destacamos a Gil Imóveis,
 uma grande parceria do Jornal Folha Popular Nova Geração. Faça como o GIL e de um UP em seus negócios, ANUNCIE você também.
              Próxima edição sai em 25 de Janeiro, data de nosso 25º Aniversário.
20 mil exemplares. Uma ótima oportunidade para divulgar seus produtos de forma econômica e eficiente. Além da GIL IMÓVEIS, nossas parcerias são inúmeras. Dentre elas, estão os melhores da Cidade Tiradentes:
CONFIRA!!!
.                                                                                 


COPAGÁZ Tiradentes.
Clinica Veterinária Tiradentes.
Requinte Pizzaria.
Sifra ADM. De Condomínios
Irmãos Cruz Centro Automotivo.
Gamebox Games e Acessórios
EDICEL Celulares
Castilho Supermercados
Adega Zero Grau
Buffet Gady.
Fatto a Mano.
Belo Cão Banho e Tosa.
A Nana Mercado
Tico Tatto.
Fofucho Sorveteria, Doceria e rotisseria
Schesley-Car
Marcelino Som e Filme
Cedrafer Serralheria.
Avícola Santa Etelvina.
JRS Contabilidade.
RBM Casa dos Fogões.
Self Service Paladar.
William e Luciana Magazine
ESCAP Assessoria Contábil e Advocacia.
Micrp-Byte Assistência Técnica
Comercial Tabajara
Mercearia e Padaria Freitas.
Bar do Josias.
Bar do Dedé.
Restaurante sabor Tropical.
Pão e Cia
Nova Adega
Espere um Pouco Pizzaria.
Casa de Carnes Gomes canaã
Dallas Pizzaria.
Garcia Pneus e Rodas.
Karvel Centro Automotivo.
Magazines Adriana.
Dentre muitos outros....
Fique entre os melhores comércios da CT....
Publique no primeiro jornal da região....
25 anos com você !!!


Fone: 2558 4041

Marta traz investimentos de R$ 2,9 milhões para a Zona Leste


A senadora Marta Suplicy indicou emendas ao Orçamento da União para serem aplicadas na saúde, na educação, na cultura e em urbanização, tanto na Capital como em cidades do Interior do estado de São Paulo. Até 30 de dezembro, a soma dos recursos aprovados pelos ministérios para o estado foi de R$ 15,7 milhões; há mais verbas para serem empenhadas.
                                                                                     
Campus Zona Leste também recebe verba destinada por Marta
Especificamente, para a zona leste da Capital, foram confirmados os seguintes investimentos que somam R$ 2,9 milhões:

Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP): R$ 1 milhão (Ministério da Educação). Instalação do Instituto das Cidades do Campus Zona Leste.

Santa Casa de Saúde Santa Marcelina: R$ 426,7 mil (Ministério da Saúde). Melhoramentos essenciais em instalações (substituição de bombas de infusão).

Centro Cultural da Penha: R$ 212,4 mil (Ministério da Cultura). Compra de equipamentos de som.

Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência: R$ 1,3 milhão (Ministério da Saúde). Compra de equipamentos e materiais de consumo.

De acordo com a Constituição, o senador pode apresentar emendas parlamentares ao Orçamento da União. Assim, pode aperfeiçoar a proposta de investimentos encaminhada pelo Poder Executivo ao Legislativo, colaborando com uma melhor alocação dos recursos públicos. Marta tem representado São Paulo pontuando, sobretudo, mais recursos para a saúde.
                                                                            
Marta consegue emenda para a saúde na Zona Leste
Do Orçamento 2014/2015, Marta indicou 98% das suas emendas para a área da saúde. Em 2015/2016, foram aproximadamente 96% para o setor. Entre os destaques de entidades beneficiadas nessa ação do mandato da senadora Marta, - na área da saúde e na Capital estão: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Hospital das Clínicas, Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho, Santa Casa de Saúde Santa Marcelina, Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), Associação Nossa Senhora do Pari, Fundação Zerbini (Incor), Casa de Davi, Casa de Saúde Santa Marcelina. No Interior, estão: Hospital do Câncer de Barretos, Fundação Amaral Carvalho (Jaú), Santa Casa de Misericórdia de Limeira, Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, em São José dos Campos, Santa Casa de Saúde de Vargem Grande do Sul.
                                                                              
Centro Cultural Penha também recebe auxílio de Marta.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Conselheiros de secretarias e empresas públicas fazem reunião na sede da Prefeitura

Membros da sociedade civil responsáveis pelo acompanhamento de políticas públicas fizeram primeiro encontro da gestão. Presidentes de conselho apresentaram metas e propostas

 Os conselheiros responsáveis por acompanhar as políticas públicas das secretarias e empresas públicas municipais se reuniram nesta sexta-feira (13) na sede da Prefeitura, região central. Na primeira reunião da gestão, os presidentes de conselhos apresentaram metas e propostas para cada uma das pastas.
                                                                    

“São 23 conselhos, com sete membros cada, que assessoram as diferentes áreas da Prefeitura. São nomes da sociedade civil, de movimentos sociais, empresários. Estou muito feliz em ter um nível tão elevado, com mais de 100 pessoas comprometidas em melhorar a vida na nossa cidade”, afirmou o prefeito João Doria.

No encontro desta manhã, participaram 34 secretários e presidentes de empresas municipais, além de integrantes de cada um dos respectivos conselhos. O objetivo era a integração da equipe e a apresentação de diretrizes para o trabalho setorial. A ideia é que os conselheiros das diversas áreas se reúnam periodicamente para trocar experiências.

Para Mozart Neves, Diretor do Instituto Ayrton Senna e presidente do conselho da Secretaria Municipal de Educação, a sociedade civil deve atuar em parceria com o poder público para conquistar avanços nas políticas públicas. “Queremos mobilizar as pessoas em torno da causa da educação. O conselho vai atuar de forma integrada com a secretaria para colocar São Paulo na liderança da educação entre as Capitais”, afirmou durante a reunião desta manhã.

Os conselheiros terão o papel de fazer críticas e sugestões para melhorar a qualidade da gestão de programas da Prefeitura. Na área da Cultura, o conselheiro José Bonifácio Sobrinho, o Boni, propôs a ampliação na divulgação da produção artística da cidade. “Nossa produção já é muito boa, é preciso mais integração com a Educação e melhorar as condições das pessoas que produzem cultura, mas nós precisamos, sobretudo, divulgar. A divulgação massiva do conhecimento fará a revolução na cultura e fará com que ela não fique estagnada”, disse.

Segundo o prefeito João Doria, o modelo de atuação dos conselheiros por setores tornará a participação dos representantes da sociedade civil na Prefeitura mais efetiva e possibilitará um acompanhamento mais próximo do trabalho das secretarias.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Schesley-Car Auto Mecânica em Cidade Tiradentes

Mecânico é igual médico e advogado. Tem que ser de confiança.
                                         
                                                                                     

Antes de procurar uma oficina, fale conosco. Nossos serviços são especializados.
E se você já conhece, você confia. Passe este link para os amigos. Compartilhe!!!